Segunda, 22 de abril de 2019
Sergipe

31/01/2019 às 21h07

Redacao

Estância / SE

Valdevan Noventa tem autorização da Justiça para deixar o estado para tomar posse nesta sexta-feira
STF deferiu limitar e suspendeu medidas cautelares.
Valdevan Noventa tem autorização da Justiça para deixar o estado para tomar posse nesta sexta-feira
TRE

O Supremo Tribunal Federal deferiu na tarde desta quinta-feira (31) uma liminar suspendendo todas as medidas cautelares que interfiram no cerceamento do direito a locomoção do deputado federal eleito por Sergipe, Valdevan Noventa.


Dessa forma, ele pode deixar o estado de Sergipe para tomar posse como deputado federal nesta sexta-feira, em Brasília. A liminar é válida até que relator aprecie a questão penal em andamento.


No último dia 14, Valdevan deixou a Cadeia Pública Tabelião Filadelfo Luiz da Costa, no município de Estância, depois que o juiz Claudio Bahia Felicíssimo, da 2ª Eleitoral, definir medidas cautelares para a sua soltura por determinação do Supremo Tribunal Federal, entre elas, o uso de tornozeleira eletrônica, apresentação em juízo mensalmente, proibição de manter contato com testemunhas durante a ação penal .


O deputado foi preso no dia 7 de dezembro de 2018, preventivamente após diligências da 'Operação Extraneus' que apura a inserção de declarações falsas na prestação de contas de campanha por parte do candidato eleito durante as eleições de 2018.


Entenda o caso


Segundo a Polícia Federal, ele foi detido no dia 07 de dezembro preventivamente após diligências da 'Operação Extraneus' que apura a inserção de declarações falsas na prestação de contas de campanha por parte do candidato eleito durante as eleições de 2018.


Ainda de acordo com a assessoria da PF, as investigações apontaram que ele se utilizava de ‘laranjas’ para a realização de diversas doações em favor da sua campanha.


Segundo a procuradora do Ministério Público Federal, Eunice Dantas, durante a análise da prestação de contas do deputado eleito foi verificado que, após o período de eleições, foram registradas 85 doações todas no valor de R$ 1050, o que chamou a atenção do MPF. As doações teriam sido feitas por moradores das cidades de Arauá e Estância.

FONTE: G1 Sergipe

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium