Topo
Carnaval 2019

SSP divulga balanço de ocorrências do carnaval 2019

174 pessoas conduzidas às delegacias e 10 armas de fogo apreendidas. Foram ainda contabilizados 15 afogamentos, sendo dois com vítimas fatais

07/03/2019 15h28Atualizado há 2 meses
Por: Redacao
Fonte: SSP/SE

A Secretaria da Segurança Pública do Estado de Sergipe (SSP/SE) apresentou durante coletiva na manhã desta quinta-feira, 07, o balanço de ocorrências registradas durante o período do carnaval em Sergipe. Na oportunidade, estiveram presentes representantes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil.

 


O major PM Gilberto Melo, chefe do Estado Maior do Comando do Policiamento Militar do Interior (CPMI), destacou que o planejamento prévio da Polícia Militar foi fundamental para o resultado satisfatório neste carnaval. "Atuamos em mais de 200 eventos, com o emprego de mais de três mil homens. A Polícia Militar efetuou mais de 11 mil abordagens a pessoas e veículos e apresentou redução nos acidentes de trânsito. Neste carnaval foram contabilizados 21 acidentes com duas vítimas fatais em todo o estado, enquanto ano passado foram computados 30 acidentes com três vítimas fatais. Nossos drones contabilizaram mais de 11h de vôos e foram importantes, sobretudo no policiamento preventivo dos grandes eventos realizados no período do carnaval", destacou.


Além disso, a Polícia Militar contabilizou 174 pessoas encaminhadas às delegacias na capital e interior e 10 armas de fogo apreendidas. Quanto ao número de mortes violentas no período do carnaval, a PM apresentou comparativo dos últimos três anos. "Foram 18 em 2017, 21 em 2018 e 16 neste ano, sendo que não houve registro de homicídio em nenhum evento de grande porte onde o policiamento foi reforçado. Houve uma redução de 23,8% nos registros de mortes violentas em relação ao mesmo período do ano passado, ou seja, menos cinco casos", completou o major Melo.


Polícia Civil 


Para a delegada Viviane Pessoa, coordenadora das delegacias da capital (Copcal), o  trabalho integrado entre os órgãos de Segurança Pública foi fundamental para o resultado satisfatório alcançado. "Nas Plantonistas da capital  foram 40 flagrantes, entre a plantonista sul, norte e o Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), com maiores registros nos delitos de tráfico de drogas, violência doméstica, embriaguez ao volante e porte ilegal de arma. No interior do estado tivemos 27 prisões, havendo situações em que as conduções resultaram em Termos Circunstanciados, a exemplo de ocorrências envolvendo desacato, uso de drogas, lesões corporais, entre outras situações", comentou.


Corpo de Bombeiros


Segundo informações da major BM Carla Cristina Andrade da Silva, auxiliar da diretoria operacional do Corpo de Bombeiros, foram contabilizados pela corporação 14 incêndios a vegetação. "Além disso,  registramos 11 incêndios urbanos, 15 afogamentos, sendo dois com vítimas fatais (Amparo de Sâo Francisco e Pirambu) e sete crianças perdidas", finalizou a oficial do CBM.
 

 

 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias