Topo
Lagarto

Casal suspeito de refinar cocaína e movimentar mais de R$ 3 milhões para Feira de Santana é preso

Casal chegou a oferecer R$ 100 mil a policiais da Core, que realizaram o flagrante pelo tráfico e corrupção

05/04/2019 16h48
Por: Redacao
Fonte: SSP/SE
SSP/SE
SSP/SE

A polícia prendeu nesta quinta-feira (4) Manuel Borges Júnior, o 'Sargento', 43 anos, suspeito de liderar uma quadrilha de tráfico de drogas que movimentava R$ 3 milhões com a venda de cocaína pura em Feira de Santana e em outros municípios do interior da Bahia. O casal de traficantes chegou a oferecer R$ 100 mil aos policiais, que anunciaram a prisão também por corrupção ativa.

Policiais da Coordenadoria de Operações de Recursos Especiais (Core), em parceria com policiais civis de Feira de Santana (BA), agiram no final da tarde de quinta-feira, 4. Foram presos Manoel Borges e sua esposa, Jacilene Guerra Silva Borges, ambos suspeitos de tráfico de drogas. O casal é proprietário de um laboratório de refino de drogas, localizado no povoado da Colônia 13, no município de Lagarto.

De acordo com o diretor da Core, Ricardo Porto, a Polícia Civil da Bahia prendeu seis pessoas em Feira de Santana no último dia 30 de março. Os investigados apontaram o fornecedor como sendo um sergipano.

O Departamento de Inteligência do Core foi acionado e chegou à autoria do fabricante da droga. Durante a abordagem no local, onde era fabricada a droga conhecida como Benti, uma mistura de cocaína com outras substâncias, foram encontrados cocaína, ácido bórico, anestésico e uma prensa.

O casal confessou a prática do crime e informou que estava distribuindo diretamente o entorpecente para o município baiano de Feira de Santana. Manoel e Jacilene foram autuados por tráfico de drogas, associação ao tráfico e posse de maquinário usado para a manipulação de drogas, crimes previstos no artigo 33, parágrafo primeiro, inciso primeiro e artigos 34 e 35 da Lei 11.343.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias