Topo
Cultura

Cortejo Os Marujos do Chico Surdo celebrou o Dia 11 de junho, Dia Estadual do Barco de Fogo

Cultura

12/06/2019 11h07Atualizado há 2 dias
Por: Redacao
Fonte: SECOM

O Dia 11 de junho nunca mais será o mesmo após a aprovação da Lei do então Deputado Gilson Andrade, que instituiu esta data como o “Dia Estadual do Barco de Fogo”, celebrada ontem com mais uma inovação, o Cortejo “Marujos de Chico Surdo”, que arrastou uma multidão do Bairro Porto D’areia até o Arraial Raimundo Jaco, onde se presentaram 11 Barcos de Fogo e 11 dúzias de espadas para saudar o mestre criador do Barco que voa e rasga o céu de Estância arrancando aplausos e encantando a todos que assistem a esse espetáculo único, originado na Cidade “Berço da Cultura Sergipana” e mantido por dezenas de engenheiros populares que há décadas seguem os passos do mestre Chico, que se estivesse vivo completaria ontem 112 anos.

“Hoje é mais um grande momento da cultura estanciana, um grande momento onde nós homenageamos aquele que inventou o maior símbolo de Estância, que é o nosso Barco de Fogo”, disse o prefeito Gilson Andrade.

O Cortejo “Marujos de Chico Surdo” saiu às 20h do Porto ao som da Batucada Porto D’areia, sendo acompanhado pelo prefeito Gilson Andrade, vereadores e secretários da gestão municipal, além de agentes culturais, a Rainha do São João, imprensa e uma multidão de amantes da cultura local. Em todo o trajeto os fogueteiros, discípulos de Chico Surdo, clareavam o céu de Estância com suas espadas que davam o brilho a festa e encantava a todos. Na Praça Barão do Rio Branco foram soltos 11 dúzias de espadas e 11 Barcos de Fogo, uma verdadeira celebração e culto ao seu inventor, Francisco da Silva Cardoso, mais conhecido como Chico Surdo, que nasceu em Estância, no dia 11 de junho de 1907 na Rua Voluntários da Pátria, Bairro Botequim.

Emocionada com toda a homenagem ao seu pai, a senhora Conceição Cardoso falou da sua alegria e não disfarçou seu contentamento com a grandiosidade da festa. “Gostaria de agradecer a Prefeitura Municipal por manter viva a memória do meu pai. Estou muito feliz e emocionada em ver essa inovação, esse cortejo que enaltece o nome do meu pai e faz com que tenhamos mais orgulho em carregar o seu sobrenome”, afirmou Ceça.

Idealizador do cortejo, o comerciante Gil da Rex, agradeceu ao empenho e incentivo da Prefeitura e destacou a importância daquele ato para eternizar a memória de Chico Surdo. “Agradeço em primeira mão ao prefeito Gilson Andrade por ter abraçado esse projeto, um projeto grandioso que busca preservar a nossa cultura. O barco de Fogo é nosso, Chico Surdo é nosso, Obrigado Estância”, disse Gil.

Luiz, turista paulista, se encantou com o espetáculo de cores, luzes e a magia das espadas e do Barco de Fogo. “Eu nunca tinha visto um espetáculo popular como este. Estou encantado, estou emocionado e não medirei esforços para retornar a esta cidade no próximo ano”, disse.

Estância, Capital Brasileira do Barco de Fogo. Viva Chico Surdo, Viva 11 de Junho, Viva o Dia do Barco de Fogo!

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias