Topo
Política

Belivaldo Chagas toma posse como governador de Sergipe

Solenidade ocorreu na Assembleia Legislativa, em Aracaju (SE).

01/01/2019 16h28
Por: Redacao
Fonte: G1 Sergipe
Foto: Gustavo Rodrigues/G1 SE
Foto: Gustavo Rodrigues/G1 SE

Belivaldo Chagas (PSD) foi empossado no cargo de governador de Sergipe no início da tarde terça-feira (1º). A solenidade está sendo realizada na Assembleia Legislativa, no Centro de Aracaju, e conta a presença autoridades e familiares. Eliane Aquino (PT) também foi empossada como vice-governadora.

A solenidade está sendo comandada pelo presidente da Casa, o deputado Luciano Bispo (MDB). Reeleito com mais de 64% dos votos válidos no segundo turno das Eleições de 2018, durante o discurso, se mostou emocionado e disse que vai corresponder as expectativas dos sergipanos que o elegeram.

 

"Não farei nada sem antes discutir com a sociedade, como os deputados, vereadores. Não vou governar sozinho. A sociedade cobra por mudanças”, afirmou.

 

No discurso Belivaldo reafirmou o compromisso as regras republicanas, dizendo que assim faria alicerçado na ética e decência. "Faço uma única promessa ao povo sergipano: Não terei tolerância com o favorecimento, o descuido, a irresponsabilidade ou com ilicitudes de qualquer natureza. O maior patrimônio da minha vida é a credibilidade, a honra que preservo do meu nome", afirmou no início do discurso.

 

Ele também lembrou a importância da parceria na chapa com Eliane Aquino e lembrou do do governador Marcelo Déda, que morreu em dezembro de 2013 e era casado com a vice-governadora.

 

"A Eliane o destino reservou o papel de colher aqueles sorrisos dos sergipanos que Marcelo Déda, na sua corajosa e espiritualizada aproximação com a inevitável passagem, dizia que eram a suprema motivação para o seu sacrifício: os rostos felizes dos sergipanos com o resultado dos projetos pelos quais denodadamente lutava. Juntos, eu e Eliane iremos buscar aqueles sorrisos que Déda sabia não iria vê-los, mas que eram a inspiração e a força guiando os seus últimos passos", declarou.

 

“O senhor terá desta casa toda a ajuda para fazer governabilidade no estado de Sergipe. Sei que o senhor é o melhor pra comandar p estado. Fique certo que estaremos nesta casa para votar naquilo que o senhor tem pra melhor para Sergipe. Muita força”, declarou o presidente da Alese, Luciano Bispo.

 

Coletiva

 

Antes da posse, ele falou com a imprensa e disse que desde abril do ano passo, quando assumiu o governo [com a saída de Jackson Barreto, que disputou as eleições para o senado], vem se inteirando dos trabalhos.

"De lá pra cá nós temos trabalhado no sentido de buscar conhecer cada vez mais de perto a questão, principalmente, é, relacionada ao aspecto financeiro, já que temos um conhecimento dos demais aspectos de um modo geral. Mas o fato concreto é que quando a gente vai encerrando o exercício de um governo a gente vai se deparando com dificuldades aqui e acolá. Nós estávamos trabalhando os últimos oito, nove meses acompanhando sempre o fluxo de caixa e trabalhando com uma reserva mínima necessária para corresponder aos momentos de queda na receita", disse.

 

Perfil

 

Belivaldo Chagas Silva tem 58 anos e nasceu no município de Simão Dias, a 100km de Aracaju no dia 19 de abril de 1960.

Ele foi deputado estadual por quatro legislaturas e ocupou o cargo de secretário da Casa Civil secretário de Estado da Articulação com os Municípios, coordenador Geral do Projeto Nordeste, diretor-presidente da Segrase e secretário de Estado de Educação.

Em 2007, foi eleito para o primeiro mandato como vice-governador do Estado, junto com o governador Marcelo Déda, cargo que ocupou até 2010. Já em 2014, foi eleito vice-governador de Sergipe pela segunda vez, tendo Jackson Barreto como governador para o exercício até 2018.

No dia 7 de abril de 2018, tomou posse como governador de Sergipe, após Jackson Barreto (MDB) deixar o cargo para concorrer ao senado.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias