Topo
ALESE

Belivaldo pede autorização à Alese para contrair empréstimo

Governador pede autorização à Alese para contrair empréstimo

03/01/2019 11h45
Por: Redacao
Fonte: Rede Alese
Foto: César de Oliveira
Foto: César de Oliveira

Os deputados estaduais retornam nesta quinta-feira, 3 à Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese). Os parlamentares foram convocados para votar em Sessão Extraordinária, projeto de autoria do Poder Executivo pedindo autorização para contrair um empréstimo da ordem de 250 milhões de reais (antecipação dos royalties do petróleo). Com esses recursos e a economia por meio da diminuição de despesas e aumento da arrecadação, o governador Belivaldo Chagas (PSD), espera minimizar a situação financeira do Estado, cujo déficit da Previdência deverá ser de 100 milhões de reais por mês a partir de janeiro de 2019.

“Não passava pela minha cabeça, utilizar nesse primeiro momento, recursos de antecipação de royalties pois a gente precisa recuperar as rodovias estão em petição de miséria. Estamos encaminhando para a Assembleia Legislativa de Sergipe, uma autorização para contrair empréstimos da ordem de até 400 milhões de reais, mas a ideia é contratar um empréstimo de apenas 250 milhões de reais deixando uma boa parte dos royalties para a recuperação das estradas”, afirmou em entrevista à TV Sergipe nesta segunda-feira, 2.

Belivaldo Chagas destacou a necessidade de captar recursos, em virtude do déficit da Previdência Estadual, que será da ordem de 100 milhões de reais por mês a partir de janeiro deste ano. “Nós vamos ter um bilhão e 200 milhões de reais de déficit e isso significa dizer que vamos precisar dinheiro do Estado para tapar o buraco da Previdência. Uma das medidas é a venda de terrenos em Aracaju e no Platô de Neópolis, além de imóveis que deixaram de ser utilizados pelo Estado e serão vendidos para fazer caixa enquanto aguardamos a Reforma da Previdência e a Reforma Tributária”, afirma.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias